ENGENHARIA FILOSÓFICA

Twitter: @jonatasdlima

Adão viveu 930 anos?

adam_930_wideGênesis 5:5 afirma que Adão viveu 930 anos. A julgar pelos padrões de hoje, é algo que soa impossível. Muitos leitores contemporâneos do Gênesis não aceitam tais números, e alguns até acabam rejeitando toda a Bíblia. Porém alguns pesquisadores encontraram razões para acreditar.

O geneticista de plantas Dr. John Sanford e seus colegas plotaram as idades dos patriarcas bíblicos listadas em Gênesis. O resultado obtido apresenta uma queda no tempo de vida após os 950 anos de Noé, “de uma forma que jamais poderia ocorrer por acaso”, de acordo com um artigo online que apresenta seus resultados.[1]

adam_930_lifespans

Os tempos de vida listados no Gênesis caem conforme uma bem definida curva de decaimento [exponencial] que inicia imediatamente após o Dilúvio.

O artigo dos pesquisadores aponta como a curva de decaimento biológico encontrada no texto bíblico está em harmonia com as curvas de decaimento biológico conhecidas da ciência da acumulação de mutações.[1][2]

Teriam as mutações iniciais danificado os genes que antes permitiam que os corpos humanos vivessem por centenas de anos?

Os autores do artigo escreveram que “os dados do tempo de vida indicam [sic] que a extrema longevidade dos Patriarcas foi real, e o rápido declínio da longevidade após o Dilúvio também.”

E se o tempo de vida dos patriarcas foi real, então os versos que se referem a eles descrevem acuradamente uma história real.

(Institute for Creation Research)

Referências

[1] Sanford, J., J. Pamplin, and C. Rupe. Genetic Entropy Recorded in the Bible? (http://www.logosra.org/#!latest-post/c213d) Encouragement for Believers – Science Update. Posted on logosra.org June 1, 2014, accessed June 26, 2014.

[2] Veja também Sanford, J. 2008. Genetic Entropy. Waterloo, NY: FMS Publications, 155.

Nota do EF: Uma análise simples, porém elegante. A análise numérica das idades relatadas em Gênesis e sua harmonia com um modelo biológico já validado aponta, no mínimo, para uma plausível credibilidade textual da bíblia, uma vez que “chutes” aleatórios do autor quanto às idades dos super-idosos jamais levariam a uma projeção tão precisa, matemática e biologicamente falando. Reduzem-se, assim, as opções: ou o autor do Gênesis conhecia a função exponencial (descoberta só no século XVIII), ou ele era uma “chutador” exímio, ou ele dizia a verdade mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 30 de agosto de 2015 por em Bíblia, Criação e marcado , , .
Momento Bíblia Anotada

Este blog apresenta dicas de anotações interessantes na Bíblia.

SÉTIMO DIA

Um Blog Adventista com Assuntos Contemporâneos

LER PRA CRER

"Um livro pode ser nosso sem nos pertencer. Só um livro lido nos pertence realmente." Eno T. Wanke

%d blogueiros gostam disto: